Saiba as 3 razões porque você não ocupa uma das vagas para deficientes. A 3ª é a mais revoltante! - Blog Dinheiro em Casa

Junte-se a Nós!

Receba por E-mail os Artigos do Blog e Aprenda a Ganhar Dinheiro em Casa.

Saiba as 3 razões porque você não ocupa uma das vagas para deficientes. A 3ª é a mais revoltante!

Saiba as 3 razões porque você não ocupa uma das vagas para deficientes. A 3 é a mais revoltante!

Saiba as 3 razões porque você não ocupa uma das 

vagas para deficientes.  A 3ª é a mais revoltante!


Ninguém nega que a crise instaurada no Brasil está afetando as pessoas em todos os níveis. Mas, a parcela da população que é mais atingida são as pessoas com deficiência, principalmente, no que diz respeito ao trabalho e as vagas para deficientes nas empresas.

Embora isso não seja nenhuma novidade, o fato é que as questões políticas, econômicas e de moral que estamos passando tem agravado o problema enormemente.

Todos os dias, vemos notícias de empresas que, ano após ano, continuam dando as mesmas desculpas para não efetivar as vagas para deficientes em suas unidades. Após 25 anos de sua existência, a única coisa que a lei de cotas para deficientes nas empresas nos mostra é que ainda temos um caminho árduo a ser vencido.

Por isso, resolvemos trazer um panorama do cenário das vagas para deficientes nas empresas, onde você verá:

  1. O Brasil tem 7 milhões de pessoas que poderiam ocupar as vagas para deficientes nas empresas
  2. Existem mais vagas disponíveis do que vagas ocupadas por pessoas com deficiência
  3. As vagas para deficientes poderiam ser preenchidas 9 vezes


Achou interessante o que vem por aí? Então não deixe compartilhar com seus amigos. Assim, mais pessoas poderão saber das batalhas que as pessoas com deficiência ainda passam no mercado de trabalho.

Os anos passam e nada muda


Não dá para aceitar que, após tanto tempo, ainda vemos muitas pessoas enfrentado dificuldades para ocupar as vagas para deficientes e entrar no mercado de trabalho.

É revoltante, não é mesmo?

Os motivos para esse cenário a gente já conhece bem:

ü  As empresas relutam em se adequar;
ü  As autoridades relutam em fiscalizar e punir efetivamente;
ü  Os governantes não melhoram a acessibilidade e mobilidade das cidades para receber os trabalhadores com deficiência;
ü  A sociedade em geral não está muito preocupada com essa questão.

E por aí vai!

Sabemos que a falta de oferta de vagas para deficientes nas empresas aumenta grandemente a exclusão social que assola o país desde o seu descobrimento.

Por isso, resolvemos trazer esse panorama e mostrar as 3 razões porque você não ocupa uma das vagas para deficientes.

Mas, antes queremos saber de você:

Você acredita que podemos mudar essa situação? Você acha que somos capazes de criar alternativas de como ganhar dinheiro vencendo as barreiras que impedem as pessoas de ocupar as vagas para deficientes nas empresas?

Você sabe que o objetivo do Blog Dinheiro em Casa é mostrar que existem diversos meios de todas as pessoas com deficiência serem inseridas no mercado de trabalho e de consumo.

Queremos que você faça parte desse movimento junto com a gente.

De acordo com a neurociência, o nosso cérebro aprende por repetição, por isso sugerimos que você volte a ler alguns textos que já publicamos. Assim, poderemos aumentar e desenvolver, mais e mais, esse debate. Tudo bem?


Mas então, vamos lá! Qual as 3 razões porque você não ocupa uma das vagas para deficientes?

Saiba as 3 razões porque você não ocupa uma das vagas para deficientes. A 3 é a mais revoltante!


1 - O Brasil tem 7 milhões de pessoas que poderiam ocupar as vagas para deficientes nas empresas


A Lei de Cotas 8.213/1991, diz que as empresas com 100 a 200 colaboradores precisam preencher 2% do seu quadro de funcionários com pessoas com deficiência. Para as empresas com 201 a 500 funcionários a cota estabelecida é de 3%. Empresas com 501 a 1000 funcionários a cota é de 4% e acima de 1001 funcionários a lei obriga uma cota de 5%.

Ainda de acordo com a lei, essas cotas podem ser preenchidas por pessoas reabilitadas, trabalhadores que tenham se acidentado ou que tenham alguma doença.

Englobando essa galera toda chegamos ao fabuloso número de 7 milhões de pessoas¸ que podem ocupar as vagas para deficientes nas empresas.

Isso mesmo! 7 milhões de pessoas com deficiência disponíveis para trabalhar e ocupar uma vaga no mercado de trabalho.

Talvez você esteja entre essas pessoas todas. Aí eu te pergunto: “Como é se sentir só mais um grão de areia na imensidão do deserto?”

É meio angustiante não é mesmo? Acredite, também me sinto assim.

Por isso, o Blog Dinheiro em Casa, está sempre pensando em novas alternativas. Trazendo o pensamento de que é possível ter outra ocupação sem depender única e exclusivamente da lei de cotas para ocupar uma das vagas para deficientes disponíveis nas empresas.

Concorrer com 7 milhões de pessoas não é páreo fácil, não é mesmo? Então, se permita, de coração aberto, a pensar em novas alternativas. É possível! Você é capaz!

2 - Existem mais vagas disponíveis do que vagas ocupadas por pessoas com deficiência


O Ministério do Trabalho, em 2016, apontou que apenas 49% das vagas disponíveis para pessoas com deficiência estavam ocupadas.

Ou seja, de 730.162 vagas para deficientes disponíveis no mercado, apenas 354.835 estavam efetivamente ocupadas.

Isso quer dizer que mais de 350 mil vagas para deficientes ofertadas ainda não estavam sendo distribuídas igualitariamente entre todas as pessoas que estão dispostas a trabalhar.

Por que você acha que isso acontece?

Essa é fácil responder! Não é mesmo?

Infelizmente ainda temos muitas empresas com as velhas desculpas de que não é possível fazer adaptações em suas unidades e postos de trabalho.

Não existe um movimento de conscientização dos demais funcionários para que eles recebam o trabalhador com deficiência, o que faz com que muitos se desanimem em continuar trabalhando e acabam voltando a depender de benefícios do governo.

Aí voltamos a perguntar para você: “Será que direcionando nosso olhar para outras possibilidades e, considerando alternativas de como ganhar dinheiro em casa, por exemplo, não seria uma boa saída, capaz de devolver a esperança para muitas pessoas?”

O que você acha dessa possibilidade? Deixe seu comentário dizendo se você vê alternativas diferentes de como fazer para ganhar dinheiro e não ficar preso apenas a lei de cotas e as vagas para deficientes.

3 - As vagas para deficientes disponíveis poderiam ser preenchidas 9 vezes


De repente você pergunta: “Como assim, existem mais vagas para deficientes disponíveis do que candidatos para ocupar essas vagas?”

Pois eh! Você entendeu certo!

Dentre aqueles 7 milhões de pessoas que falamos no primeiro item, existem as pessoas com deficiência severa que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Essa é uma das desculpas que muitas empresas ainda usam para não preencher efetivamente as vagas para deficientes, pois elas dizem que as pessoas que recebem o auxílio não estariam dispostas a renunciar ao benefício.

Particularmente considero essa questão grave, mas isso é assunto para um outro post.

Então, seguindo!

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em um estudo, verificou que se deixar de levar em consideração as pessoas que recebem o auxílio do governo, as vagas para deficientes disponíveis nas empresas poderiam ser preenchidas 9 vezes.

Ou seja, para cada candidato existem nove vagas para deficientes disponíveis no mercado de trabalho.

Aí fica aquela interrogação: Então por que existem tantas pessoas com deficiência fora do mercado de trabalho?”

Porque, além de toda falta de vontade e preparo de algumas corporações, muitas dessas empresas também alegam que o número de pessoas com deficiência sem a qualificação necessária, para ocupar as vagas disponíveis, ainda é bem elevado.

Contudo, isso jamais poderia ser uma desculpa, pois, muito antes da lei de cotas existir, a própria CLT já estimulava as empresas a tomarem medidas para a capacitação dos seus funcionários.

Sem falar que, atualmente, presenciamos pessoas com deficiência que estão buscando uma qualificação ou mesmo a graduação nas diversas universidades que possibilitam preços acessíveis e formação à distância.

Então, o que você pode perceber é que ainda estamos longe de resolver a questão do trabalho e renda para as pessoas com deficiência, pois o que todos os especialistas dizem é que o preconceito, ainda hoje, é a maior barreira para que as vagas para deficientes sejam plenamente ocupadas.

Revoltante ver que, apesar de tantas vagas para deficientes distribuídas no mercado de trabalho, ainda muitas pessoas padecem na fila do desemprego. Não é mesmo?

Mas, e você?

Quer saber mais como você pode ganhar dinheiro em casa?

Clique aqui e veja o texto que preparamos sobre como trabalhar com blog.
*Fonte: i.Social

Você pode fazer esse artigo chegar a mais de 50 milhões de Pessoas com Deficiência! Compartilhar é Incluir!!!
Cadastre seu e-mail para receber os artigos do blog e aprender a ganhar dinheiro em casa!

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar!